quinta-feira, 12 de junho de 2008

Dia dos namorados

Amar e ser amado é realmente a melhor coisa da vida! Afinal cada um de nós deseja ser feliz ao lado da pessoa amada.

A comemoração teve sua origem na Roma antiga, quando o imperador da época, Cláudio II, proibiu os matrimônios. Mas não concordando com a proibição, São Valentim – um bispo católico – realizava os casamentos escondidos. Por desrespeitar a lei, o bispo foi morto no dia 14 de fevereiro e desde então esta ficou sendo a data de comemoração dos casais apaixonados.

Enquanto em outros países, como no Canadá, o Dia dos Namorados é comemorado em fevereiro, no Brasil esta data é comemorada em junho, as vésperas do dia de Santo Antônio – o famoso santo casamenteiro.

A comemoração em junho começou por meio de uma campanha publicitária realizada em 1949, feita pelo publicitário João Dória, na época da agência Standard Propagada, sob encomenda da extinta loja Clipper.

Como as vendas no mês de junho eram fracas, a data 12 de junho foi escolhida para comemorar o dia dos namorados. Toda a confederação de Comércio de São Paulo aderiu à campanha publicitária que tinha por slogan: “Não é só de beijos que se prova o amor”.

O sucesso da campanha foi tanta que a moda pegou e desde então o mês de junho é destinado a comemoração do Dia dos Namorados, “unindo” ainda mais os casais apaixonados com trocas de presentes, cartões, bilhetes, flores, bombons...enfim com uma infinidade de opções.

Quem já encontrou a “cara metade” sabe o quanto é bom ter alguém que lhe traz proteção e carinho, amor e companhia e, alegria de viver. O amor só faz bem, cura depressões e traz novas perspectivas de vida.

Um comentário:

Diego Pajeú disse...

Toddyyyy!
E o TCC? Já terminou neh? hehehehe
Saudades da galera, parabéns pelo blog.
Bjão,

>P4j3ú